Jerónimo Moniz e Nilton Medeiros respectivamente. Jerónimo Moniz e Nilton Medeiros respectivamente. Fonte: facebook.com/jeronimo.moniz

Profissionais contestam o resultado do Concurso CSI 2015‏.

Escrito por  RNSTP Dez. 30, 2015

Jerónimo Moniz e Nilton Medeiros, os autores dos documentários “São Tomé e Príncipe-Retalhos de uma História” e “São Tomé e Príncipe- O Destino de Sonho” decidiram impugnar esta segunda-feira, dia 28,  em carta enviada ao Conselho Superior de Imprensa (CSI), o resultado do concurso organizado por este órgão, alegando “claros indícios de falta de transparência, rigor, critério e isenção no acto de avaliação dos trabalhos concorrentes”.

 

O primeiro prémio deste concurso, promovido pelo CSI, recorde-se, foi atribuído ao jornalista da TVS José Bouças, com a reportagem intitulada “Areia da Morte” que havia sido bloqueada pela televisão estatal e tornada pública via Rádio Jubilar.

A reportagem segundo os contestatários concorreu na categoria do jornalismo televisivo, a terceira categoria do Regulamento Especial para o Concurso CSI 2015, depois das categorias de Imprensa Escrita e de Jornalismo Radiofónico.

Os dois signatários da carta dizem que “não está em causa o valor monetário do prémio mas, sim, a transparência do concurso, o mérito e o valor dos trabalhos”.

Diante dos factos apontados os dois profissionais exigem  explicações do CSI sobre a categoria do trabalho premiado para que no futuro o espírito competitivo deste concurso não seja posto em causa.

 

Em anexo, a nota de impugnação dirigida ao CSI.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

  1. Popular
  2. Favorito
  3. Comentado

Ligue-se a nós

Calendário das Publicações

« Novembro 2018 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30    

Filtrar por temas