Acto central das actividades. Acto central das actividades. Fonte da foto: Facebook, Florestal Meyer Antonio

Combate ao abate ilegal de árvores e a restauração do património florestal é uma das prioridades do XVI Governo Constitucional da República‏.

Escrito por  RNSTP Mar. 21, 2016

“A economia sãotomense assenta-se ainda sobre as actividades agrárias no seio das quais as actividades florestais têm uma expressão importante”—afirmou esta segunda-feira, o Ministro da Presidência do Conselho de Ministros e Assuntos Parlamentares, Afonso Varela, no acto central, realizado no  auditório do Centro Cultural Brasil-São Tomé, e alusivo ao “Dia Internacional das Florestas” e que hoje se celebra sob o lema “Florestas e Água”.

 

Entretanto, para que haja condições duradouras para uma óptima produção no domínio agrícola, o governante defende que é imprescindível conservar os ecossistemas florestais utilizando racionalmente os seus recursos.

Afonso Varela referiu-se ainda que as incursões de abate ilegal de árvore tendem a subir ao Pico de S. Tomé.

Por isso, defendeu a mudança de atitude dos proprietários de terra visando reflorestar salvaguardando desta forma o ambiente:

Segundo o Ministro da Presidência do Conselho de Ministros e Assuntos Parlamentares, o XVI Governo está preocupado com a situação adoptou o combate ao abate ilegal de árvores e a restauração do parque florestal nacional como uma das prioridades da sua governação.

Neste quadro, o Governo prometeu já dotar a Direcção de Florestas de meios para assegurar a sua operacionalidade técnica para que possa cumprir com o seu verdadeiro papel.

A marcar o “Dia Internacional das Florestas”, esteve ainda um breve discurso de improviso, feito pelo representante da Cooperativa dos Madeireiros e Operadores de Moto-Serra, destacando a importância deste 21 de Março e reflectindo o seu engajamento na protecção das florestas, enquanto parceiros do Governo em matéria de política ambiental.

Esta actividade, pelo seu “simbolismo”, foi encerrada pelo Director de Florestas, Anahory Dias, em representação dos Ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Teodorico Campos, contou no acto de abertura, com a presença da maioria dos membros do XVI Governo Constitucional da República.

A marcar o “Dia Internacional das Florestas” esteve ainda um breve discurso de improviso feito pelo representante da Cooperativa dos Madeireiros e Operadores de Moto-Serra, destacando a importância deste 21 de Março e reflectindo o seu engajamento na protecção das florestas, enquanto parceiros do Governo em matéria de política ambiental.

Entretanto, uma exposição sobre as actividades ligadas ao sector florestal, seguida de apresentações sobre a situação actual deste sector no país bem como do plano de acção da Direcção de Florestas visando a sua melhoria e da contribuição dos PFNL (Produtos Florestais Não-Lenhosos/Não Madeireiros para a Segurança Alimentar) também constituíram destaque.

Associado a isso esteve igualmente outros temas relativos às florestas, biodiversidade, cacau e café, a sustentabilidade da actividade madeireira em São Tomé e à estatística Florestal: a importância da base de dados OFAC e a entrega de diplomas de mérito a pessoas destacadas na conservação e utilização sustentável das florestas (Grupo de PFNL, pequeno agricultor, média empresa e entidades policiais).

Esta actividade, pelo seu “simbolismo”, foi encerrada pelo Director de Florestas, Anahory Dias, em representação dos Ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Teodorico Campos, contou no acto de abertura, com a presença da maioria dos membros do XVI Governo Constitucional da República.

Amanhã, entretanto, assinala-se, o “Dia Mundial da Água” sob o lema “Água e Emprego” e o Ministério das Obras Públicas, Infraestruturas, Recursos Naturais e Energia (MIRNA) através da Direcção-Geral dos Recursos Naturais e Energia (DGRNE) organizou, à propósito, um acto Central no Centro Cultural Brasil - São Tomé e Príncipe, com enfoque para os discursos a serem proferidos pelo Director do DGRNE e pelo titular do MIRNA.

Dentre as actividades programadas pelo DGRNE, o destaque vai para a exibição duma reportagem, dramatização, peça teatral gestual dos alunos da Escola de Surdos e Mudos.

Modificado em terça, 22 março 2016 09:10

Comentar


Código de segurança
Atualizar

  1. Popular
  2. Favorito
  3. Comentado

Ligue-se a nós

Calendário das Publicações

« Novembro 2018 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30    

Filtrar por temas