Imprimir esta página
Imagem ilustrativa. Imagem ilustrativa. Fonte:files.cienciasforenses.webnode.com.pt

MJAPDH promove acção de formação para melhorar a "performance" dos agentes da PIC.

Escrito por  rnstp Abr. 18, 2017

Os agentes da Polícia de Investigação Criminal (PIC) estão a ser capacitados em matéria de “Ciência Forence”.

 

Trata-se de uma formação de base a ser ministrada por um especialista português com vista a aprimorar os trabalhos desenvolvidos pelos agentes da “Polícia Científica”.

A acção, com a duração de três dias, insere-se no âmbito da reforma institucional prevista para a PIC e levada a cabo pelo Ministério da Justiça, Administração Pública e Direitos Humanos (MJAPDH).

Para o Director-Geral da PIC, Suleimane Ten-Jua, esta acção de formação, “surge em boa hora”.

O especialista Fernando Viegas, garante que a iniciativa está ligada ao levantamento de algumas necessidades, incluindo o funcionamento de um laboratório forense nas instalações da PIC.

Para Fernando Viegas, o tempo de formação ajusta-se também ao levantamento das necessidades visando a construção de um laboratório forense na Polícia de Investigação Criminal.

Esta acção de formação de carácter “intensivo” visa aperfeiçoar os trabalhos desenvolvidos pela PIC.