rnstp rnstp rnstp

O Presidente do Supremo Tribunal da Justiça e do Tribunal Constitucional, Manuel da Silva Gomes Cravid confirma Tentativa de Corrupção

Escrito por  rnstp Dez. 15, 2017

O Presidente do Supremo Tribunal da Justiça e do Tribunal Constitucional, Manuel da Silva Gomes Cravid, afirmou hoje, em conferência de imprensa, que não cometeu nenhum crime de difamação e de injúria contra o ex-Presidente da República, Fradique de Menezes.

 

Silva Gomes Cravid, disse ter estranhado, a forma como todo São Tomé e Príncipe tomou conhecimento da queixa-crime que havia apresentado uma vez que não deu a conhecer o facto aos órgãos da comunicação social.

Garantiu também que não foi fácil ter feito uma queixa-crime contra o seu ex-Assessor, Justino Veiga.

“A sensivelmente quinze dias um dos meus colaboradores  teve um acto de tentativa de corrupção tentando trazer para mim dois envelopes contento dinheiro, dizendo que era mandado por certas pessoas e eu repudie automaticamente a atitude do meu colaborar e pedi que devolvesse a quem o teria mandado trazer e pedi-lhe que pusesse o cargo a disposição e exonerei e em seguida fiz uma queixa-crime.”-Avançou Silva Cravid.  

O Juíz-Presidente do Supremo Tribunal de Justiça e do Tribunal Constitucional assegurou, por outro lado, que em momento algum tinha usado abusivamente o nome de nenhum  cidadão.

“Usar abusivamente seria se eu tivesse dado uma conferência de imprensa, tivesse feito panfleto, usado rede social, mas tudo isso porque,  deu entrado da secretaria dos tribunais um requerimento que visava pedido de um recurso de revisão do processo da cervejeira rosema” afiançou  Silva Cravid.

O Magistrado disse ter agido, correctamente, em denunciar este acto de corrupção, e acrescentou que se devia criar uma “Comissão de Luta Contra a Corrupção” bem como apetrechar a Polícia de Investigação Criminal (PIC) e o Ministério Público com meios para lutar contra a corrupção:

“Já ouvi muita gente dizer que o país tem muita corrupção mas nunca ouve uma só pessoa em quarenta e dois anos que tivesse evocado um acto deste, e eu faço uma queixa -crime e vem todos contra até parece que não querem que a corrupção seja travada”- disse Silva.   

Silva Gomes Cravid, garantiu que existe pessoas que têm estado a desenvolver actos maléficos contra os Tribunais e está ciente de que isso existe e que com o andar do tempo esse processo vai ser esclarecido da melhor forma:

“As pessoas tem estado a desenvolver actos de boatos e maléficos contra os tribunais, há até algumas organizações que estão a estruturar para manchar a imagem do presidente do Presidente do Tribunal de Justiça” afirmou  Silva Cravid  

O Magistrado disse ainda que não cometeu crime de difamação e injúria contra o cidadão Fradique de Menezes, ex-Presidente da República.

 

 

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

  1. Popular
  2. Favorito
  3. Comentado

Ligue-se a nós

Calendário das Publicações

« Novembro 2018 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30    

Filtrar por temas